<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d5669356\x26blogName\x3dThe+Amazing+Trout+Blog\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dTAN\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://theamazingtroutblog.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://theamazingtroutblog.blogspot.com/\x26vt\x3d-5897069651571143186', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>

segunda-feira, maio 23, 2005

Beautiful Day...

Hoje de manhã (aliás, domingo) o vizinho do rés-do-chão direito resolveu brindar o prédio inteiro com uma surpresa. Pegou fogo à casa. Propositadamente. Premeditadamente, fiquei eu a saber após conversa com os restantes vizinhos, que por várias vezes haviam avisado o senhorio do comportamento instável da pessoa em causa, que vivia com a mãe já idosa (que morreu na sequência do incidente). E das ameaças, que invariavelmente era a de que iria rebentar com o prédio todo, constantes. A Santa Casa da Misericórdia de Pernes, que é o nosso senhorio, ao que parece nada fez em relação aos vários alertas, nem em relação ao que lhe competia, que era manter o prédio em bom estado de conservação. Não há gás à cerca de um mês porque foi detectada uma fuga (a nossa sorte!) e a escada de serviço, que poderia servir como escada de emergência, está trancada. A chave está em Pernes, com o senhorio. Se está no estado em que eu vi o acesso às caves, é um monte de entulho à espera de arder. Só me consigo lembrar do fumo asfixiante ao descer os três lances de escadas para a rua, do choro da vizinha do lado agarrada aos dois miúdos pequenos e da fuligem que cobria o meu vizinho do 1.º direito, que se cortou todo a tentar fechar os vidros da janela que dava para o pátio, que lhe estalaram em cima com o calor.
E do sorriso estúpido na cara daquele doente mental ao ser interrogado pela polícia.
Ultimamente, tem havido uns incidentes na minha vida que mais se parecem com uma novela da TVI. Devia vender os direitos de autor...
Acho que vou mudar de casa...