<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d5669356\x26blogName\x3dThe+Amazing+Trout+Blog\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dTAN\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://theamazingtroutblog.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://theamazingtroutblog.blogspot.com/\x26vt\x3d-5897069651571143186', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>

sexta-feira, julho 28, 2006

A Casa dos Horrores

"O caso que a seguir vos apresentamos chegou ao nosso conhecimento e é muito difícil encontrar palavras para o descrever pois reflecte o horror dos horrores, algo que considerávamos impensável mas que infelizmente, é bem real.

Foram encontrados 120 gatos num barracão com cerca de 8 a 10 m2.

Qualquer pessoa poderá pensar que tal é impossível! 12 a 15 gatos por m2 não pode ser real! Desgraçadamente para os animais que viveram o horror desta situação foi possível, foi bem real, sentiram-no na pele, cada dia, cada minuto, cada segundo que passaram lá...


O cheiro nauseabundo e os miados, que nunca mais irão deixar quem os ouviu, revelaram o chão cheio de excrementos, comida podre, os panos existentes impregnadas de urina, gatos cheios de feridas por se atacarem uns aos outros, gatos com problemas neurológicos e atrofias musculares por subnutrição e por falta de espaço, gatos com feridas nas patas por viveram amontoados em cima dos excrementos, gatos com problemas comportamentais, gatas grávidas, uma gata com crias de 1 mês fechados numa transportadora sem água nem comida, gatos com o olhar no vazio, gatos tristes e mal tratados.


O único sinal existente sobre a possibilidade de manter alguns animais vivos era um tacho com água e arroz para comerem, colocado por cima de camadas de ração podre.


O número de animais que terão passado por aquele inferno assim como o número de mortes são impossíveis de calcular, mas as pessoas que viram aqueles que ainda sobreviviam dizem-nos que o inferno estava naquele local para todos os animais que um dia tiveram o triste destino de encontrar quem os colocou ali.


Pouco importam as palavras que classificam estes actos de extrema crueldade para com os animais mas para quem se interesse por explorar este assunto o caso que vos apresentamos é um exemplo do chamado 'animal hoarding' que traduzindo à letra significa 'acumulação de animais' e caracteriza-se por uma sobre-população de animais, aos quais não são sequer fornecidos os cuidados mínimos necessários ao seu bem-estar: alimentação, espaço, cuidados veterinários, etc. Os animal hoarders recolhem animais, acumulando-os, uns atrás dos outros. Nos casos típicos, estas pessoas são descobertas vivendo em condições de higiene precárias, rodeadas por dezenas ou mesmo centenas de animais. Estes animais encontram-se por norma subnutridos, desidratados, famintos, doentes ou mortos. Os animais contagiam-se uns aos outros e procriam de forma descontrolada. É portanto o ciclo do horror potenciado ao máximo.

O animal hoarding transcende o simples ter mais animais do que é considerado normal, está longe disso, o animal hoarding é uma forma grave de maus-tratos aos animais e que os conduz à fome, à doença e à morte.


A pessoa que mantinha os animais nestas condições anda à procura deles. Conhecem estes gatos?

Quem sabe alguém confiou um gato a esta pessoa e o reconhece aqui? Existe um número não confirmado de cães, possivelmente na ordem dos 40 a 60, em idêntica situação, mantidos aprisionados numa casa desta mesma pessoa. Para estes o terror dos dias persiste..


É urgente não deixar que estas pessoas possam continuar a perpetuar este horror com outros animais.

Alertamos para o facto de estar mais do que estudado que estas pessoas têm a grande capacidade de se fazer passar por grandes benfeitoras dos animais, mantendo assim um grupo de influência que as protege.

Para já é ainda mais urgente salvar os cães que continuam na câmara da morte!


Não deixem que esta e outras casas de horror existam, denunciem e salvem os animais.

cats.in.danger@gmail.com

Apresentamo-vos as fotografias do horror onde que estes animais viviam e podemos garantir-vos que a realidade era insuportavelmente pior do que qualquer uma das imagens captadas nestas fotos. O cheiro fétido a urina e a excrementos era insuportável e o ar irrespirável

O resgate destes gatos foi efectuado no sábado, dia 15 de Julho, e está documentado em filme e em muitas mais fotografias do que as que aqui colocámos.


O local onde estes gatos estavam (barracão) e onde os cães permanecem (dentro da casa, tanto quanto sabemos) situa-se numa terra chamada Lapa, perto de Alcoentre (Ribatejo).

O problema é conhecido na zona e o cheiro nas imediações da casa onde os cães se encontram, não engana. Os vizinhos denunciaram esta situação e foi assim que chegámos até ela.


Também a nós nos custa não ter podido ainda fazer nada pelos cães. Não sabemos ao certo quantos são (esperávamos entre 40 a 60 gatos e deparámo-nos com 120).


Não temos acesso à casa onde os cães estão fechados. Não temos onde os albergar. Mas não desistimos de os conseguir tirar de lá.


Temos contactado com várias associações de protecção animal e outras.


Infelizmente a lei é demasiado lenta a actuar. Mas tudo faremos para que a situação se resolva. Mais. Tudo faremos para que esta situação não se repita. Iremos até onde nos for possível.


Lamentamos ter que manter, por enquanto, algum secretismo. A justificação é simples, os 120 gatos ainda não estão nos seus lares definitivos e sabemos que os responsáveis pelo horror andam desesperados a minar todo o território e à procura deles.


Desde já se alguém tiver condições para nos ajudar a tratar dos 120 gatos (dinheiro, FAT(famílias de acolhimento temporário), adopções, etc) e a resgatar os cães com todas as consequências, nomeadamente a necessidade de os albergar, agradecemos que envie mensagem para o nosso endereço de e-mail.


QUEM PUDER CONTRIBUIR MONETARIAMENTE, O NIB A UTILIZAR É:

0035 0259 00008023600 65

POR FAVOR ENVIE E-MAIL PARA abatalha@sapo.pt COM INDICAÇÃO DO VALOR E DE QUE É UMA CONTRIBUIÇÃO PARA A 'CASA DOS HORRORES'. "



VER AS FOTOGRAFIAS AQUI E AQUI.
(Atenção - fotografias chocantes.)

sábado, julho 22, 2006

Devaneios


(...) No fundo, lá bem no fundo, cismava Isabel, o Filipe era um rapazinho inseguro que só o amor dela podia salvar. No fundo, lá bem no fundo, meditava Claúdia, o Dinis era um menino triste que só a paixão dela podia curar.

Não se imagina como seria a vida sem esta imensa presunção feminina. As mulheres fogem dos homens equilibrados como se de uma doença permanente se tratasse. Elogiam-nos e invejam-nos ostensivamente nas outras, com a mansa maldade de que só elas são capazes. A mesma maldade leve, divina, caridosa, que louva e promove as diminuições das desfavorecidas da sorte ou da beleza, para melhor as preservar e dominar. As mulheres gabam a felicidade alheia com o sorriso terrível dos deuses a quem todos os sacrifícios são devidos porque muito sofreram, e buscam em cada homem um pretexto da imolação que conduz à glória. É por isso que não lhes interessam os poucos homens lúcidos que ainda resistem; a perspectiva da pura partilha traz um cheiro a anestesia que lhes põe os nervos em pé, em alerta de loucura. Dispõem-se a morrer grandiosamente pelo maior miserável, desde que não se arrogue canduras de merecedor; quando correspondidas, elas bocejam, ameiguam-se, fingem-se meninas e esfumam-se entre os dedos deles. As mulheres nunca foram meninas, para mal dos bons rapazes. (...)

A Instrução dos Amantes, Inês Pedrosa


Fecham-se as páginas no silêncio áspero dos lençóis e a mente corre as memórias dos que foram, dos que podiam ter sido e dos que estarão para ser. Um dia serão todos um único na mesma lembrança, porque as histórias repetidas são apenas uma mesma ocorrência, a ocorrência da paixão que se desvela num único fio condutor, mal-grado os diferentes nomes, os diferentes tempos, os diferentes princípios, meios e fins. Não é essencial. Faz tudo parte da mesma eternidade. Um dia serão todos apenas um e poderei dizer que amei um único de todas as formas que conhecia e que aprendi. Com todo o meu ser.

É verdade que as mulheres nunca foram meninas, mas para mal de todos os rapazes. Cá dentro mora um tigre que não dorme, defensor temerário do seu território e da sua essência. E mesmo que eu não o sinta constante e sofra na pele os desaires de quem acredita amar, ele está lá sempre, entrecortado na selva interior, clamando a solidão que lhe pertence por completo.

sexta-feira, julho 21, 2006

The Israeli measured response [US/UK copyright]



Entrem AQUI para ver as imagens do efeito destes mísseis sobre os civis, adultos e crianças libaneses, a quem são destinados. Não coloco aqui nenhuma foto... apenas porque não quero ser demasiado ostensiva na minha revolta. Percorre-se o site e a alma encolhe de vergonha e asco. A pergunta repetida entre fotografias ecoa continuamente - measured? meaSURED? MEASURED? Tenho apenas uma pergunta, no meio de tudo isto que parece indiferente às chamadas comunidades internacional e árabe: e estes mortos, não contam?

Entrar AQUI para assinar a petição electrónica a ser entregue a representantes políticos do mundo inteiro.


...

Macaco repulsivo, o ser humano.

CONCENTRAÇÕES
CONTRA OS BOMBARDEAMENTOS
NO LÍBANO E NA PALESTINA





















Concentrações em Lisboa e no Porto, 4.a-feira, 26 de Julho

A ATTAC co-organiza duas concentrações de protesto
contra a escalada de violência no Médio Oriente:

Lisboa, 4.a-feira, 26 de Julho, às 18h30, em frente à Embaixada de Israel
* Fim aos Bombardeamentos no Líbano e Palestina *
* Pela Paz no Médio Oriente *

Porto, 4.a-feira, 26 de Julho, às 18h30, na Praça da Batalha
* Fim ao Terrorismo de Estado de Israel *

quarta-feira, julho 19, 2006

Miko no boicote

Miko, sai daí! Saaaai-me daííííí! É sempre a mesma coisa!
Não percebes? Tenho de preparar umas peças para uns senhores importantes! O que é que te interessa um teclado, caramba?! Tanto sítio bom cá em casa para deitares a peidinha...
Tu não me adormeças! Tu não...
...

Olha, adormeceu. :-/


Photobucket - Video and Image Hosting

Photobucket - Video and Image Hosting

Fotografias de Rodrigues

Palavras para quê?

E continuando com música... Ana Malhoa Oficial Site

A grande Ana Malhoa...
(As fotografias são imperdíveis.)

sexta-feira, julho 14, 2006

Todo um novo conceito de música

... e de teledisco, expressões faciais, etc.
Pensar que eu admirei este homem até aos meus 8 anitos!

quarta-feira, julho 12, 2006

Momento Zen



O grande David Hasselhoff e todo o seu talento.

terça-feira, julho 11, 2006

Momento de sorte

Olhem só o que eu encontrei este fim de semana, quando voltava da praia:
Photobucket - Video and Image Hosting
És capaz de parar de tremer um bocadinho, a ver se me tiras uma foto decente?

Photobucket - Video and Image Hosting
...e já desligavas esse flash, não?

Photobucket - Video and Image Hosting
Vejam como eu sou linda de perfil!
Tens morfes?... não? nem umas bolachitas?
:\

sexta-feira, julho 07, 2006

O que não disse mas gostaria de ter dito

Ah, se ao menos a música de Wagner fosse uma merda! Seria tão mais fácil odiá-lo. Mas não é, não é.

119.999 visitantes...

... que emoção.

(bolas, deixei passar em branco marcos importantes como o 50.000.º ou o 100.000.º visitante)

As procuras da semana

"pain nosso que estais no c" (sic)
"estolas de penas na 25 de marco em sao paulo"
"fazer pandam"

e, a melhor:
"modelo carta de agradecimento para orquestra"

Meu caro, posso dizer-lhe que costuma ser suficiente bater palmas no final.

A menos que esta pesquisa tenha sido feita por um frequentador da Gulbenkian. Nesse caso, se tiver gostado muito do concerto, o mínimo que pode fazer para agradecer à orquestra é não sair a correr antes do último acorde. Eu sei que não é agradável apanhar fila no parque de estacionamento, mas também não é agradável ver o público todo de pé no final, não para aplaudir, mas para vestir os casacos e pirar-se rapidamente.

quinta-feira, julho 06, 2006

Os franciús não nos merecem

Ler texto de Francisco José Viegas no A Origem das Espécies, AQUI.

(O título é meu, não do Francisco.)

Eureka!

É o futebol no seu melhor!

quarta-feira, julho 05, 2006

De como a Joana Duarte é mesmo minha prima


Photobucket - Video and Image Hosting

Ai, aaaai…
Eu só me meto em sarilhos! Mas por que raio fui eu dizer que a Joana Duarte, a "Matilde" dos Morangos com Açúcar, era minha prima? Deixava-me estar quietinha e pronto... Resultado: tenho a criançada toda à perna a exigir-me que o prove. Então agora uma pessoa é obrigada a provar essas coisas do sangue? Na impossibilidade de arranjar um encontro (tão amavelmente sugerido pel@ Manel) da Joana Duarte com os seus (literalmente) babados fãs no Toys’r’Us (a rapariga está muito ocupada, convenhamos… ele é gravações de manhã à noite, pobrezinha), lá terei de provar por A+B o nosso parentesco.

Devo confessar que estes fãs da Joana me desiludem grandemente. E eu até depositava grande fé nas capacidades destes jovens que serão o amanhã desta grande nação… Então não é que estes aduladores que pensam saber tudo o que há para saber sobre a sua deusa adorada não sabem que ela tem uma primaaaa? (E ainda por cima famosíssima...) Estou agastada. Não é de ânimo leve que se recebe uma notícia destas, caramba… Lá choveram, nos salmonetes, pedidos de confirmação que, com a ajuda de um vizinhito em tenra idade escolar, consegui traduzir (seguem as versões em vernáculo púbere, só pelo exótico da coisa): "deves pensar k es igual a ela kem t dera!!! ate podem ser primas mas muito diferentes!!!"; "se és mesmo prima dela, prova-o. é k sem provas, eu nao acredito... desculpa la, mas há muita gente k se faz passar pela familia da joana duarte."...
Na sua euforia desbragada, alguns chegam mesmo a personificar a personagem adorada: "ja agr sou a joana duarte!!!!!ola fas"

Não quero que esta maltinha perca noites de sono, tão necessárias às boas notas escolares e à eficaz comunicação sináptica entre os neurónios... Cá vai, portanto, a derradeira e definitiva prova, para que não restem dúvidas:

Photobucket - Video and Image Hosting

VER MAIOR AQUI.

"joana duarte olha sou teu fã e axu-te bue bonita keria k me dexes o teu mail pa te escrever"

E não. Não posso fornecer o endereço electrónico da Joana Duarte.

Superstições


Para dar sorte...

Photobucket - Video and Image Hosting

Na fotografia, Truta Rodrigues e Rútilo em euforia,
no passado sábado, em Sintra.
(Fotografia de Luís P.)

segunda-feira, julho 03, 2006

Há dois anos e meio...

... o George escrevia acerca de Álvaro de Campos:

O problema da solidão é ter de viver connosco. Por isso criamos pessoas que vivem ca dentro. E quando as queremos matar, já não sabemos quem somos, quem éramos, quem queríamos ser. Matar alguém assim está sempre entre o suicídio e o assassinato. Talvez por isso tenhamos tanto medo e tanta vertigem. De matar a pessoa certa ou a errada
;

e eu escrevia a propósito de uma proposta de casamento que fiz à Truta Vermelha-Rodrigues, num post sobre o Porto:

Não tenho a tua vida, ó Vermelha! Só agora é que vi o desafio da argentinidade (bela expressão, hem?). Não conheço nenhuma daquelas expressões, mas em compensação havias de me ouvir a cantar a María de Buenos Aires!



Há momentos em que se sente claramente que há um ciclo que se fecha. Isto de reler salmonetes está a tornar-se mais esotérico do que eu esperava.