<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d5669356\x26blogName\x3dThe+Amazing+Trout+Blog\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dTAN\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://theamazingtroutblog.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://theamazingtroutblog.blogspot.com/\x26vt\x3d-5897069651571143186', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>

quinta-feira, agosto 26, 2004

Barco da Esperança
[com um piscar d'olho ao Pagan]

Está a chegar a Portugal o barco da Women on Waves, a convite das associações Não te Prives, UMAR, AJP e Clube Safo. O evento é digno de ser saudado, pois como qualquer organização responsável, a WOW não se fica pelo que para as organizações abusivamente auto-intituladas de "pró-vida" é uma "provocação", e para as mulheres e os defensores dos seus direitos e das mais elementares liberdades individuais é um acto de solidariedade, uma posição corajosa, livre e assumida face a legislações retrógradas e à fúria repressiva nascida da ignorância, da fragilidade do sentido democrático, da menorização da mulher como indivíduo. A WOW faz mais do que proporcionar abortos livres, que não darão lugar a exames ginecológicos compulsórios, à devassa da privacidade, à exposição pública, ao julgamento, à insensibilidade, à crueldade ilimitada sobre a mulher que decida não ser mãe. Ao contrário do que sucede nas casas de aborto clandestino a que tantas mulheres portuguesas se vêem forçadas a recorrer, a WOW presta ainda os seguintes serviços:
- Informação sobre e fornecimento de contraceptivos
- Informação sobre e fornecimento de contraceptivos de emergência
- Teste de gravidez
- Aconselhamento de gravidez não-directivo, com uma decisão pessoal informada por objectivo
- Abortos médicos
- Aconselhamento sobre doenças sexualmente transmissíveis



Que sejam bem-vindas e que ajudem quem sem elas estaria bem mais desesperado - e voltará a estar quando partirem. Que abram mais uma fresta neste caixote cada vez mais mofento que se chama Portugal. O linque está mesmo aqui ao lado. E a civilização também.