<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d5669356\x26blogName\x3dThe+Amazing+Trout+Blog\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dTAN\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://theamazingtroutblog.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://theamazingtroutblog.blogspot.com/\x26vt\x3d-5897069651571143186', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>

segunda-feira, setembro 20, 2004

Friends, romans, countrymen...

No fórum da Antena 1 sucedem-se os ouvintes que acusam. Mas não acusam preferencialmente os governos que temos tido mais recentemente. Não aceitam a desculpa dos cinquenta anos de ditadura face a uma democracia que já leva trinta e que poucas marcas parece deixar nas mentalidades e na cidadania. Acusam-nos a nós - e a si mesmos: o cidadão que não exerce a cidadania, que assina de cruz no boletim de voto quando se dá ao trabalho de ir votar e acha que o seu dever está, assim, cumprido, que diz mal de tudo e constrói pouco e mal, que assiste apático à degradação da educação dos filhos, que não se manifesta nem entra em greve, mas que falta ao trabalho para encher estádios e festejar vitórias. O cidadão que acaba por votar no paizinho mais mediático que lhe apareça nos quatro canais. O cidadão que cultiva o não pensar. Que cultiva a ausência de cidadania. E que infelizmente é a espécie mais comum neste zoo chamado Portugal.

Obrigad@, Vermelha, tinhas razão. Vale bem a pena escutar este fórum. Mas nós telefonamos, mas nós pensamos, mas nós blogamos. Nós duas estivémos no sábado na rua, marchando pelos direitos dos animais, com tanta outra gente, muita da qual talvez se mobilize por essa causa e só por essa. Pois bem, senhores, a nossa causa é a vida, a liberdade, a verdade, a igualdade, o fim do preconceito e do medo. Quantos de vós ficaram em casa nas últimas manifestações pela legalização do aborto e contra o golpe palaciano que nos instalou este governo PP-PSD? Quantos de vós se revoltaram e zangaram sentados no sofá? Onde estareis daqui para a frente?


Ainda no sofá?