<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d5669356\x26blogName\x3dThe+Amazing+Trout+Blog\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dTAN\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://theamazingtroutblog.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://theamazingtroutblog.blogspot.com/\x26vt\x3d-5897069651571143186', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>

sexta-feira, outubro 22, 2004

Não se justifique!

Estou chei@ de trabalho, alérgic@ aos computadores, oscilante entre a depressão e o riso desbragado, a revolta e a vontade de emigrar - fazer de conta que para mim não faz mesmo diferença nenhuma ter nascido na maternidade das portas azuis na rua Cândido dos Reis. É pena é que isso não seja verdade e eu no fim de contas tenha mesmo vontade é de ficar por aqui... o tempo o dirá. Entretanto, com o tanto que tenho entalado para escrever tenho massacrado os que me rodeiam - não escrevo, mas falo que me desunho... - e face à desinspiração que esta epifania do senhor presidente da res publica me inspira, recorro a quem tão descritivamente se expressa bem melhor do que eu.

FECHEM A JANELA, SE FAZ FAVOR: Estou constipado. E a culpa é do governo. Tudo porque, ontem, ia a passar ali pela zona de São Bento e apanhei uma corrente de ar entre a janela de esperança que o Santana abriu e a porta da TVI por onde o Marcelo saiu.
Miguel Góis, Gato Fedorento

Pelo meio, para além de todo o Portugal que não se droga em doses cavalares de narcóticos fumados, injectados, em pó ou televisionados, há uns profs deslocados e uns estudantes armados à cidadania activa que já devem ir na segunda ou terceira pneumonia. Graças à equinácea e ao própolis, é por aí que se fica o meu resfriado que, ainda assim, rapidamente corre o risco de se tornar virose. Está para sair, assim que a febre baixar, uma crítica à altura a um filme belíssimo que um querido amigo nos proporcionou. Não sei que mais estará para sair. Nem quando. Tenho tanto para dizer que não me apetece dizer absolutamente nada.



Aaaaa....
'tchim...