<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d5669356\x26blogName\x3dThe+Amazing+Trout+Blog\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dTAN\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://theamazingtroutblog.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://theamazingtroutblog.blogspot.com/\x26vt\x3d-5897069651571143186', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>

terça-feira, agosto 30, 2005

Olha, outro...



Depois de me ter entusiasmado com momentos do seu discurso em Viseu, Manuel Alegre preferiu ficar no "nim", e ainda lançou um arrogante "eu acho que estou a falar português" ao jornalista da TVI que lhe tentou arrancar uma resposta clara. Não, não está a falar português, eu como eleitora gostava de perceber se ele está a ponderar sobre essa tal divisão da esquerda da qual não quer ser responsável ou se pura e simplesmente fica no recato. Eu, que penso que essa divisão da pseudo-esquerda é necessária, senão essencial, para se sair deste trágico marasmo, para se clarificar campos, opções e prioridades, para defender o regime democrático [ou o que dele conseguimos alcançar até agora], não gostei mesmo nada da conclusão de um discurso que parecia corajoso. Mas gostava que houvesse candidatura. Che sera, sera... Da actuação de Manuel Alegre de hoje em diante se verá se o que disse eram meras palavras. Porque o que disse foi bastante.