<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d5669356\x26blogName\x3dThe+Amazing+Trout+Blog\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dTAN\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://theamazingtroutblog.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://theamazingtroutblog.blogspot.com/\x26vt\x3d-5897069651571143186', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>

sexta-feira, novembro 18, 2005

Pausa militante na licença sabática*

Apenas para vos fazer notar esta pérola de campanha. É bom que não esqueçamos, ao votar em Cavaco não estamos a votar num idóneo político não-profissional que, qual avôzinho desejado que em tempos se chamou Sebastião e agora já não recorda o próprio nome, virá providencialmente reequilibrar-nos os mealheiros e passajar-nos os pés-de-meia; estamos, isso sim, a votar nisto.

As pessoas que não sabem História ainda pensam que o Estado Novo foi uma ditadura. Já tenho perguntado a juristas que digam se foi um governo de força ou de tipo proteccionista. A verdade é que foi um regime em que a lei funcionava e em que os próprios titulares dos cargos davam o exemplo da austeridade.



Em tudo isto. É essa a nossa responsabilidade. É essa a nossa decisão. A história no-la cobrará mais tarde. Mas não esta história do senhor Veríssimo Serrão, que transforma opressão em austeridade, hipocrisia em exemplo, tirania em bondade. De alguma forma, é ilusoriamente tranquilizador que o senhor Veríssimo Serrão, como o senhor Cavaco, presumo, estejam noutra história que não a minha. Demasiados vilões também chateia...

*[ou seja, que vai pelo menos até sábado...]