<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d5669356\x26blogName\x3dThe+Amazing+Trout+Blog\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dTAN\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://theamazingtroutblog.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://theamazingtroutblog.blogspot.com/\x26vt\x3d-5897069651571143186', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>

sábado, abril 08, 2006

Plasticina

Já fui ao TeCA há mais de uma semana, mas o meu estado assim-pó-deprimido impediu-me de escrever fosse o que fosse. Exprimir em palavras as imagens que Nuno Cardoso vê nos textos tão particulares que escolhe é cansativo e redutor. Falar da soqueira que Maksim [João Melo] molda com raiva para sempre usar apenas contra o ar e esmagar contra o chão. Da claustrofobia de um cenário em ruínas em que casas e ruas se confundem para tudo se traduzir no oposto do espaço aberto que em concreto está no palco. Do abanão que foi para mim a cena em que Maksim, o saco de porrada, recusa a ajuda de uma desconhecida numa fila para votar onde se dá carne picada, o eu desintegrado que está debaixo dessa reacção de animal cujo instinto desorientado faz correr para a morte e recusar o abrigo. O teatro duro e bruto. O mergulho obstinado no lixo que nos sustenta o chão, em Moscovo ou na Musgueira. O recusar da fuga.

Enfim, o que importa mesmo é que esteve no TeCa e eu não vos disse nada. Mea culpa.