<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d5669356\x26blogName\x3dThe+Amazing+Trout+Blog\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dTAN\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://theamazingtroutblog.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://theamazingtroutblog.blogspot.com/\x26vt\x3d-5897069651571143186', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>

quarta-feira, maio 17, 2006

Campo da vergonha

Esganiçava-se ontem um fadista (ou coisa que o valha, que aquilo não era fado, nem voz, nem gente!), na "gala" de abertura do Campo Pequeno, dizendo que a tourada era...

...fazer da morte um poema!

Só posso ter vergonha disto, desta gente que não só considera aceitável torturar um animal como acha que se deve fazer disso um espectáculo.

A morte de um animal para entretenimento de alguns selvagens não é um poema, não é sinónimo de "coragem", como muitas vezes apregoam. É só cobardia e maldade. Só isso.